quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Fábula: A cobra e a onça



Há muito tempo, uma cobra ajudou uma onça e a mesma prometeu que um dia recompensaria, mas a cobra nunca acreditou na palavra da onça, que até então nunca devolveu-lhe o favor.
Por mais que uma cobra consiga se defender, uma ajuda nunca é demais.    
                                
Mas a onça não queria que a cobra pensasse que elas eram amigas se a ajudasse. Porque não seria bom para suas espécies elas conviverem juntas.                                                                                   
E passaram-se muitos e muitos anos, e a onça ainda não tinha retribuído o favor à cobra. Mas até  um dia em que a cobra ficou presa em baixo de uma pedra muito grande.
Passadas horas e horas, sem ninguém para ajudá-la, já imaginando seu fim, logo pensou: ‘’Eu queria tanto ter algum amigo porque eu tenho certeza que ele estaria aqui agora’’. E foi quando sentiu uma grande força empurrando a pedra. E quando se aliviou da dor, olhou para o lado e viu a onça. A onça olhou para ela e disse: ‘’Eu prometi, não prometi? E sei que demorei muito tempo, mas na vida é assim, não importa o que façamos, se temos fé, as coisas sempre acontecem".

Moral da historia: Antes tarde do que nunca.
Fernanda Venturim e Daniele Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário