segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Festa na floresta

Era setembro, época de inverno na floresta, quando todos ainda pensavam em se aquecer com festas e muita diversão. Organizavam juntos, o Leão, a Tartaruga, o Jacaré, e a única mulher, a Arara. Queriam que tivesse atrações como um jantar bem preparado e alguns lugares mais quentes para poderem se estabilizar. A maioria das ideias eram do Leão, sempre pensava em montar a festa com um jeito bom e com que todos concordassem. Depois só faltavam combinarem como iriam divir as tarefas. Então, a Arara, bem organizada, disse:


-  Leão, você poderia ficar encarregado de ir buscar os tapetes?
- Prefiro cuidar do jantar, sou um ótimo cozinheiro e assim o Jacaré já colabora com algo.
Então o Jacaré e a Arara concordam com isso, e o Leão foi para a cozinha junto com a Tartaruga fazer o jantar.
Tartaruga: - Um pouco menos de pimenta Leão, assim vai ficar forte demais. 
- Não tartaruga, fique tranquila que eu conheço o ponto certo.
E assim, com algumas discussões foram aprontando a comida para todos.
Mais tarde chegaram a Arara e o Jacaré com muita fome, já cansados, pois foram  buscar os tapetes um pouco longe, e perguntaram sobre o jantar.
Arara: - Leão, como anda nossa comida? Já pode ser servida?
- Sim, 20 minutos e já está na mesa.
Passaram os 20 minutos e o Leão chamou a todos para comer. Quando deram a primeira garfada, sentiram um gosto muito forte de pimenta, cuspindo tudo e correndo atrás de água urgentemente enquanto só o Leão se deliciava, pois é forte o suficiente para aguentar qualquer tipo de tempero.
Moral: “De boas intenções o inferno está cheio”

Isabela Fregonesi

Nenhum comentário:

Postar um comentário