segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A Lagartixa e o Grilo

 Era noite, uma típica noite de inverno, e uma pequena lagartixa que morava em baixo do mesmo teto de uma família andava pela cozinha daquela pequena casa. Seguia caminhando, quando deu de cara com o grilo, que cantava alegremente no jardim. O grilo ouviu alguma coisa estranha se aproximando da inocente lagartixa e alertou-a:
- Ei você! Não dê mais nenhum passo.
A lagartixa olhou de cara feia e respondeu:
- Posso saber o porquê de você interromper meu passeio noturno? Eu hein... gente louca!
- Não dê mais nenhum passo! Estou falando sério, vai me agradecer depois.
A lagartixa não deu atenção às palavras do grilo e continuou seu caminho.
Um pouco distante dali, a lagartixa seguia seu rumo, quando ouviu um barulho estranho se aproximando e lembrou do que o grilo havia dito.
- Oh não!!!
A vida para a lagartixa havia chegado ao fim, nem teve tempo de respirar antes de ser esmagada pelos pés do dono da casa onde estava andando. O grilo olhava a morte da lagartixa sem interesse, pois já havia feito sua parte. O arrependimento vem dos desavisados.

Pedro Henrique

Nenhum comentário:

Postar um comentário