segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O escorpião e o passarinho

 Em um belo dia, um passarinho que pousava triste em uma árvore avistou um escorpião e resolveu dizer:
- Nossa, existe uma tristeza muito grande me corroendo por dentro.


O escorpião, curioso, resolveu perguntar qual era o problema. O passarinho, muito desanimado, disse:
- Estou tão triste porque meu pai foi em busca de comida para meus irmãos e ficou preso em uma armadilha!
O escorpião, demonstrando tristeza, perguntou ao passarinho:
- Mas e agora? Quem vai cuidar de seus irmãos, quem vai alimentá-los?
O passarinho respirou fundo e falou:
- Bom, eu não havia pensado nisso, mas vou procurar ajuda.
O escorpião, com uma cara meio misteriosa, resolveu se oferecer para ajudar o pobre passarinho.
O passarinho, sem nem desconfiar do escorpião, aceitou a ajuda e foi voando até o ninho de seus irmãos para mostrar para o escorpião  a situação.
Chegando lá, o escorpião analisou a situação e disse ao passarinho:
- Você pode ir em busca de comida e deixa que eu cuido de seus irmãos!
O passarinho, todo contente, saiu voando em busca de comida. Algumas horas se passaram e quando o passarinho voltou, encontrou todos os seus irmãos mortos .
O passarinho, não entendendo a situação, resolveu tirar satisfação com  o escorpião que disse friamente para o passarinho:
- Talvez se você não tivesse confiado tanto em mim eu não trairia sua confiança, as esse é o meu instinto animal. De boas intensões o inferno esta cheio

Aline Bagio

Nenhum comentário:

Postar um comentário