segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Qual professor marcou a sua vida?

 Por Stefanny Silva

Sempre tive meus problemas com matemática e eles só se acentuaram até eu chegar na 6°série. Então, após a primeira prova do bimestre. a professora Cecília Boaventura veio me perguntar se o problema estava na maneira como ela explicava a matéria ou se eu não conseguia me concentrar, mas tínhamos que achar uma solução.

Qual professor marcou a sua vida?

Por Lucas Matheus

Nada é por um acaso!
Durante os anos em que passamos pela escola, alguns professores conseguem ser mais do que simplesmente mestres.  É engraçado, mas existem situações em que o professor parece fazer parte da família. Comigo foi assim.
Lembro-me que na terceira série do Ensino Fundamental, quando ainda estudava no SESI, toda a turma estava ansiosa para conhecer a nova professora que assumiria a classe. Dúvidas e curiosidades não faltavam: “Será que ela vai ser legal?”, “Será que ela é brava?”, “Será que ela é bonita?”.

Qual professor marcou a sua vida?

Por Thiago Vasconcelos

Professor, mais que um educador
Professor, aquele profissional que é responsável por grande parte dos ensinamentos que usamos para nossa formação pessoal. Aliado à família, esse grande educador não só nos ensina matemática, português, história, mas também faz com que aprendamos a conviver com nossos amigos de classe. Mas, por muitas vezes, acabamos criando uma afinidade com este profissional, sentimos que eles são realmente um membro da nossa própria família.

Dia do Professor: Tudo vale a pena

Por Ariadne Bognar

Feliz dia do professor.
Essa data deve ser tão especial quanto comemorar aniversário, ou não? 
Que este dia possa ser bom e aumentar mais o desejo que continuar atuando e melhorando as nossas vidas.
Cada momento, cada ensinamento, uma verdade e leva o pensamento a lugares que talvez, sozinhos, não conseguiríamos chegar.
Aprender coisas novas e melhorar o que sabemos é empolgante, mas o exemplo ensina de maneira marcante.
A pessoa que abraça a causa de ensinar é digna de respeito. Possui uma paciência que eu não tenho, um carisma que eu não tenho, um conhecimento que eu AINDA não tenho. Como disse Augusto Cury, bons pais corrigem erros, pais brilhantes ensinam a pensar. Se enquadra? Acho que traduz a convivência.
Obrigada por tudo.
 

Qual professor marcou a sua vida?

Por Michelle Ferreira Soares

Muitos profissionais da educação passam por nossas vidas, mas apenas alguns, aqueles ao qual chamamos de professores, nos marcam da maneira mais bonita. Para citar tal situação, me recordo de uma professora do colegial, a senhora Arlete Mosca.
Elegante, muito bem arrumada e sempre muito educada (até nos momentos em que deveria ser ríspida), ela não se contentou em aplicar apenas as lições impostas pelo material didático fornecido pelo governo estadual, ela reuniu materiais, textos e livros que possuía para ensinar literatura para aqueles 45 alunos, muitos deles sem expectativas de aprender.
Agradeço todos os dias por aquela mulher ter esperado mais de nós, ter escrito lousas e lousas de texto (que naquela época eu odiava com todas as minhas forças), pois foi através dos calos que criei por copiar as matérias dela que cheguei onde estou.

Qual professor marcou a sua vida?

Por Fernanda Muniz Viana 
O profissional do futuro
Profa. Ayne
No dia 12 de abril de 2011, o movimento “Todos pela Educação” lançou uma nova campanha de mobilizaçã com uma iniciativa nobre, buscando uma maior valorização desses profissionais responsáveis pela educação da humanidade, o professor.  Sob o slogan “Um bom professor, um bom começo”, o vídeo demonstra e conscientiza a pessoa que o assiste, de que o bom professor é aquele que pode realmente mudar vidas e transformar a sociedade através do seu bom trabalho.
Tendo em vista isto, creio que o trabalho de um professor está muito além dos conteúdos, para estudo, propostos em sala de aula. É com o professor, dentro de uma sala de aula, que as crianças muitas vezes entendem com mais exatidão valores como coletividade e senso de democracia. Além disso, é com o professor que ele aprende a aceitar seus próprios limites no aprendizado e criar laços de admiração e respeito, formando assim adultos cientes de seu papel social. O professor ajuda na formação da própria identidade do indivíduo.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

O desafio de viver com as diferenças

Por Francielly Lavos Pereira  - 2°ano do Ensino Médio no Colégio Toledo de Araçatuba

Conviver com as diferenças não é fácil, pois cada pessoa pensa de um jeito, vê o mundo de uma forma. Mas será que as pessoas  são tão distintas como aparentam ser ou são elas que geram esses conflitos?
Biologicamente somos 99.9% idênticos e apenas 0.1% distintos, ou seja, não há diferenças entre os seres humanos, o que há é uma diversidade de culturas e opiniões que caracteriza os grupos e as sociedades.
Muitas etnias são discriminadas por conta da cor da pele, pela lingua que falam e até mesmo pela história de seu país. Por conta disso, acabam sendo vistas como "estranhas", pessoas sem importância, mas elas também são filhos de Deus,  fator mencionado na música "Uns iguais aos outros", da banda Titãs.
As pessoas não devem ser obrigadas a serem todas idênticas, fazerem as mesmas coisas, terem o mesmo pensamento, pois é através das diferenças que aprendem a viver em sociedade e sempre estão  aprendendo algo novo.
Conviver em harmonia faz um bem a todos e contribui para a formação de um mundo melhor.